RUFORUM discute soluções para mudanças climáticas e variabilidade de sistemas agrícolas em África


Ruforum

By Berta Madime

África e um dos continentes onde falar agricultura e falar da vida, do dia- a- dia e de grande parte dos habitantes do chamado berço da humanidade.Em África todos estão conectados a agricultura, seja alimentando-se dos produtos que dela provem ou praticando-a mesmo vendendo, em suma, todos estamos de alguma forma ligada a agricultura.
Neste âmbito uma das sessões do RUFORUM dedicou-se a descobri r maneiras de construir resistências no âmbito do risco das mudanças climáticas e variabilidade dos sistemas agrícolas, neste encontro não faltaram ideias de inovação na área agrícola, tal e o caso da plantação do chili da variedade Capsicum anuum para a produção de maiores rendimento no Mali, ainda nessa sessão foi deixado claro esta que as sementes para qualquer plantação devem ser de qualidade e claro em quantidade e que o financiamento e extremadamente necessário em qualquer projecto.

Continue reading “RUFORUM discute soluções para mudanças climáticas e variabilidade de sistemas agrícolas em África”

Integração das novas tecnologias de informação e comunicação no ensino superior


DSC_0366 By Natalia Jaime

O tema acima mencionado foi discutido na conferência do RUFORUM onde o foco era o futuro da Tecnologia de Informação e Comunicação no processo de ensino e aprendizagem nas universidades membros daquela organização.

Dentre vários objectivos, a sessão pretendia motivar o pensamento em relação às novas tecnologias de informação e comunicação e o seu papel no ensino superior; Fornecer uma plataforma, para onde as universidades membros do RUFORUM e fazer novas parcerias na área de inovações educacionais.
Nodumo Dhlamini, Gestora dos programas de tecnologia de informação e comunicação do RUFORUM deu abertura a sessão, dizendo que as TIC’s são importante para as universidades, pois melhora a forma de gerenciar as informações.

Continue reading “Integração das novas tecnologias de informação e comunicação no ensino superior”

O que é necessário para ser um agente de mudança?


By Cacilda Sitoe

Um agente de mudança tem que aceitar os desafios; ser responsável; dinâmico; ter espírito de liderança; ser capaz de ver oportunidades diante dos desafios; envolver-se e aceitar os conselhos dos outros.

Estas e outras características foram assumidas pelos estudantes graduados pelo RUFORUM e pela restante plateia composta por estudantes provenientes de várias universidades africanas como sendo imprescindíveis para um indivíduo que almeja e trabalha em prol da mudança. Continue reading “O que é necessário para ser um agente de mudança?”

Participação das universidades na pesquisa e desenvolvimento da agricultura


By Regerio Juniour

Melhorar a participação das universidades das Universidades na pesquisa e desenvolvimento nacional da agricultura foi o tema de fundo de uma das sessões levadas a cabo hoje pela ASARECA – Association for strengthening Agricultural Research in Eastern and Central Africa – na quarta conferencia bianual da RUFORUM que decorre em Maputo desde a passada segunda feira.

 

Joseph Methu, representante da ASARECA, líder regional em pesquisa e desenvolvimento agrícola para a melhoria das condições de vida na África Oriental e Central, apresentou ao público presente as actividades que aquela organização tem vindo a fazer para o fortalecimento das Universidades no aprimoramento dos cursos relacionados à agricultura. Continue reading “Participação das universidades na pesquisa e desenvolvimento da agricultura”

Equipping the women in agriculture : AWARD & RUFORUM sign MOU


DSC_0081

Dr Wanjiru giving her key note address

Our single minded stories about gender make us forget the tremendous stories carried by men!”

These were the words of Dr Wanjiru from AWARD fellowship as she gave a key not address at a dinner organised by RUFORUM for key stakeholders and partners. AWARD is a career development program that strengthens research and leadership skills in women scientists. It is the African Women in Agricultural Research and development.

What kind of world is possible if we stopped thinking about gender being just women?” Dr Wanjiru asked. Continue reading “Equipping the women in agriculture : AWARD & RUFORUM sign MOU”

Ruforum vira espaço de troca de experiências na área da agro-educação


By Cacilda Sitoe

A quarta conferência do RUFORUM que decorre na capital moçambicana vai ao seu segundo dia. A extensão da educação e da formação superior: um elo que permita que a ciência agrícola responda às necessidades dos pequenos agricultores foi pano de fundo de uma das sessões.
A conferência foi uma oportunidade de troca de experiências e descobertas entre líderes de várias associações e organizações baseadas em diferentes países que trabalham para o desenvolvimento da agricultura africana. Continue reading “Ruforum vira espaço de troca de experiências na área da agro-educação”

Ciência e Tecnologia para o melhoramento da agricultura em África


By Vanilla Amadeu
A ciência e a tecnologia foram temas que mereceram atenção dos panelitas no terceiro dia da Conferência da RUFORUM. Em relação ao assunto, o Secretário Executivo da FARA, Yeni Akinbamijo, referiu que agenda da ciência para o desenvolvimento da agricultura em África ajudou-a a identificar o tipo de ciência de que precisa.

Assim, a ciência, a tecnologia, as inovações, a política e a aprendizagem social, a fim de cumprir suas metas de transformação agrícola. Segundo ele a finalidade de uma Agenda para a Ciência é de advogar o reconhecimento da importância da ciência na transformação da agricultura em África, fornecer orientação sobre onde devem ser feitos investimentos estratégicos na área científica, bem como facilitar o alinhamento de acções e recursos para melhorar o valor para o dinheiro em investimentos. Continue reading “Ciência e Tecnologia para o melhoramento da agricultura em África”

Climbing up trees or sitting on shoulders?


GraciaBy Richard Powell

Africa has the youngest population in the world, with more than one-third of the population in Sub-Saharan Africa aged between 10 and 24.  By 2025 the number of young people in this age group in the sub-region is expected to increase to 436, and to 605 million by 2050.

For many, there is a dichotomy in how the future role played by this significant percentage of the continent’s population is seen: on the one hand, among the pessimists it is that of a ‘ticking time bomb’ waiting to explode; among the more optimistic, it is that of a generation of opportunity.

Traditionally, in many parts of Africa there has been a negative perception of the capabilities of the young, with an expectation that they should defer to the wisdom and experience of their elders.  As I listened to the charismatic humanitarian, and former Mozambican Minister for Education, Graça Machel, deliver her keynote address on women and children in Africa to the 4th RUFORUM Biennial conference, I recalled some illustrative, adverse traditional sayings:
“What an old man sees sitting down, a young man cannot see standing up” (from the Ibo ethnic group, Nigeria).
“An old man sitting on a stool can see farther than a young man who has climbed a tree” (from the Kikuyu ethnic group, Kenya).

Continue reading “Climbing up trees or sitting on shoulders?”

Knowledge is becoming a matter of life and death in this era


By Victoria Mbiggidde

CABI

There is s a saying : “Knowledge is power” however for Africa, knowledge seemingly becomes a matter of life and death given its potential to lead to the transformation of the continent. Improved information organization and accessibility, more efficient collaboration in cross-divisional case teams, move from document storage to project management (task lists, calendars, links), real-time data collection, improved tracking and oversight – case and management level, more efficient decision-making, and reduced induction “learning-curve” for new staff are some of the endless benefits which come with having a knowledge management system and repositories established within agricultural organizations.

Continue reading “Knowledge is becoming a matter of life and death in this era”

From Invention to Innovation in African Agriculture


8887304731_62b85ef48d_k

Photo credit: ICRISAT / C. Wangar

By Catherine Mloza 

It was interesting to note that RUFORUM had a side session that addressed the issue of strengthening partnerships for research and higher education. By and by, it is  un-disputable that agriculture in Africa,greatly  depends on how successfully knowledge is generated, disseminated and applied. Traditional agricultural knowledge management systems models situate the role of knowledge generation (mainly technology development) in the domains of the university and research institutions. Extension, on the other hand, is entrusted with the role of knowledge dissemination, and farmers as end users of this knowledge. Continue reading “From Invention to Innovation in African Agriculture”

Increasing women’s participation in Agriculture Education


By Pauline Atim

                                              “Women should share success stories to bridge the gap of lack of role models in agriculture”

8.3 (24)Women have a tendency to think Agriculture is a man’s field. The fact that women make up a quarter of students in university agriculture programs is evidence enough to support this myth. This is quite ironic considering during the opening ceremony, a number of keynote speakers including Mrs. Graca Machel stated that women make better agriculturalists. Little attention is given to the roles women play in agriculture let alone, their specific needs and priorities.

 

The poor representation of women in higher education programs is due to some of the assumptions made about agriculture which include that it is ‘dirty’, ‘labor intensive’ and ‘not suitable for women’. This has contributed to the negative perceptions toward agriculture by women. Issues about girls dropping out of secondary school were also raised and the factors attributed to this include the social pressure to get married, girls not encouraged to take science subjects, lack of financial resources and career guidance. The main question asked during the session was: ‘How can girls be encouraged to join agricultural sciences?’. Continue reading “Increasing women’s participation in Agriculture Education”

Estratégias de criação e reforço de parcerias discutidas na RUFORUM


By Berta Madime

Uma das sessões da 4ª conferência Bianual da RUFORUM em Maputo teve como tema “Reforçando Parcerias em pesquisa e Educação Superior” e contou com a participação de Representantes de várias organizações a nível internacional.

Estas apresentaram o relatório completo das suas parcerias a nível interno e externo cada uma em seu respectivo ramo, sendo a educação, negócios ou agricultura. Ainda nesta sessão foram apresentados vários planos de parceria, de ensino e capacitação de mestrados e PhDs, oportunidades de negócio e convites para novas parcerias.
8.4 (7)O principais problema mostrado pelos representantes foi em relação a “quebra” das barreiras entre as organizações e o sector privado que tem mostrado-se renitente em cooperar com os pequenos agricultores. Outra idéia dividida por todos foi a de que África deve ser produtora de conhecimento e não simplesmente consumidora de ideias alheias. Quem assim afirma é Christoff Pauw da organização STIAS mostrando com estatísticas que África só partilha 1.8% do conhecimento que produz.

Continue reading “Estratégias de criação e reforço de parcerias discutidas na RUFORUM”

%d bloggers like this: